Pular para o conteúdo
Voltar

Campanha Vem Ser Mais Solidário já alcançou 21 mil famílias em todo o Estado

Em 15 dias, ação coordenada pela primeira-dama Virginia Mendes já chegou a 106 cidades e prioriza famílias de extrema pobreza
Pamela Muramatsu | Secom-MT

A campanha coordenada diretamente pela primeira-dama Virginia Mendes tem como foco minimizar os efeitos da pandemia - Foto por: Jana Pessôa/Setasc-MT
A campanha coordenada diretamente pela primeira-dama Virginia Mendes tem como foco minimizar os efeitos da pandemia
A | A

Em 15 dias, o Governo do Estado de Mato Grosso já atendeu mais de 21 mil famílias carentes em todo o Estado com a distribuição de cestas básicas e kits de material de limpeza da campanha ‘Vem Ser Mais Solidário – MT unido contra o coronavírus’.

As doações começaram a ser realizadas no dia 11 de abril e, até o momento, 106 cidades já receberam os alimentos, incluindo Cuiabá, onde as entregas foram realizadas diretamente para instituições filantrópicas, com foco naquelas que realizam atendimentos a pessoas consideradas de grupo de risco, tais como, idosos e pessoas em tratamento de doenças como câncer, diabetes. Além, é claro, de famílias em situação de extrema pobreza, que moram em regiões como entornos de aterros sanitários (lixões) e bairros periféricos.

A campanha, coordenada diretamente pela primeira-dama Virginia Mendes, em conjunto com a Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc), continua até que todas as cidades sejam contempladas, e tem como foco minimizar os efeitos que a pandemia do novo coronavírus (Covid-19) tem causado na vida dos mais pobres. 

Com uma meta inicial de atendimento a 50 mil famílias em situação de vulnerabilidade e extrema pobreza, a ação deverá superar essa marca, tendo em vista que a primeira-dama e a secretária de Assistência Social e Cidadania, Rosamaria Carvalho, estão arrecadando junto à empresários e sociedade em geral doações para ampliar os atendimentos.

“Sabemos que essa pandemia não vai durar só um mês e os efeitos dela na renda das pessoas mais carentes, que não têm trabalho formal e que dependem dos benefícios sociais, é ainda maior. Por isso, somente com união vamos conseguir multiplicar e chegar até os mais necessitados. São muitas famílias, muitas instituições precisando e se cada um doar um pouco poderemos ajudar muito mais. Agradeço a Deus todos que já colaboraram e reforço que o momento é de urgência. A fome dói e mata, por isso Mato Grosso está unido para salvar vidas”, destacou a primeira-dama.

A secretária Rosamaria tem ido pessoalmente na maioria das entregas e destaca que tem sido muito gratificante poder ajudar neste momento de crise.

“A recepção dos prefeitos, das instituições e, é claro, das famílias beneficiadas, tem sido o combustível para nos dar ainda mais forças para seguir com a campanha. Poder ajudar a quem mais precisa é recompensador”, disse a secretária.

Para o prefeito de Primavera do Leste, Leonardo Bortolin, a atitude do Governo do Estado com a doação das cestas é um motivo de bastante orgulho.

“É uma ação que vai ajudar as famílias que se encontram em situação e vulnerabilidade social. Só temos que a agradecer, em especial a primeira-dama do Estado por se preocupar e olhar para os mais carentes neste momento”, afirmou.

Assim como Bortolin, a primeira-dama e secretária de Assistência Social de Poconé, Joelma Gomes, reforça que se não fosse o apoio do Estado seria muito mais difícil superar esse momento. “É na Assistência Social que estas pessoas recorrem e sozinhos não teríamos como ajudar tantas famílias carentes, que já não têm o que comer em casa”, frisou.

O feedback dos prefeitos é essencial, mas são os depoimentos das famílias beneficiadas que confirmam o quanto ações como estas são necessárias e fundamentais. A manicure Vilma Martinele, mãe de quatro filhos, está sem trabalhar desde que a pandemia iniciou e no dia que a campanha Vem Ser Mais Solidário chegou em Rondonópolis ela foi uma das beneficiadas. 

“Fiz minhas orações, porque já não tinha mais alimento na dispensa e não sabia o que fazer. Era meu último pacote de arroz e essa ação veio para dar um pouco de tranquilidade nesse momento crítico”, contou. 

Para quem trabalha em projetos sociais e instituições filantrópicas a situação não é diferente. As doações reduziram muito, mas os atendimentos aumentaram. A Associação dos Amigos dos Autistas e da Criança Deficiente do Estado de Mato Grosso (AMA), instalada em Várzea Grande, tem recebido muitos pedidos de ajuda das mães de crianças com Transtorno de Espectro Autista.

“Fizemos um levantamento entre as famílias e identificamos muitas mães que estão em situação crítica, vivendo apenas de doações, muitas não conseguiram receber o benefício do Governo Federal e a ajuda do Governo do Estado chegou num momento importante”, reforçou a presidente da entidade, Helena Glaziela Barbieri Amaral.

“A primeira-dama Virginia Mendes nunca esqueceu da gente. Foi a única primeira-dama que colocou os pés no lixão e sempre tem nos ajudado nas ações de assistência realizadas através da Setasc”, disse a presidente da Associação dos Catadores de Material Reciclável e Reutilizável Mato Grosso Sustentável (Asmats), Cidinha Nascimento, entidade também atendida com cestas da campanha.

Na avaliação da primeira-dama Virginia Mendes, o trabalho da Assistência Social neste momento de pandemia tem ajudado a salvar vidas.

“Os médicos estão nos hospitais lutando para salvar vidas, nós, da assistência também estamos lutando para salvar estas vidas, levando comida, pois a fome também mata e todos devemos nos unir neste momento e ajudar às famílias a superarem essa crise”, comentou a primeira-dama, que aproveitou para agradecer o trabalho realizado por todos os profissionais da Assistência Social, da Saúde, da Segurança e em todos os demais setores essenciais. “Estão na linha de frente e devemos honra-los e agradecer por se doarem num momento em que muitos podem ficar em casa”.

Saiba como ajudar

Se você quer doar alimentos, materiais de limpeza pode procurar a Arena Pantanal, em Cuiabá, ou os principais supermercados: Big Lar, Comper e Atacadão. Quem preferir poderá doar recursos diretamente na conta bancária especial, aberta exclusivamente para isso: Banco do Brasil, agência 3834-2, conta corrente número 1.042.810-0. CNPJ 03.507.415/0009-00. Todas as doações serão revertidas para compra de cestas básicas.

“Toda ajuda é bem vinda e necessária. Agradeço de coração a todos que já somaram conosco, de quilo em quilo estamos ajudando milhares de famílias. O pouco para alguns é muito para milhares. Que Deus abençoe a todos que estão conosco nesta grande corrente de amor e solidariedade”, finalizou a primeira-dama Virginia Mendes.