Pular para o conteúdo
Voltar

Ação do Governo atende famílias quilombolas de Nossa Senhora do Livramento

Cestas básicas e cobertores foram entregues para moradores de Mata Cavalo de Cima, Mata Cavalo de Baixo, Capim Verde, Entrada do Bananal, Aguaçu, João Cuiabá e Mutuca
Vívian Lessa | Setasc/MT

Secretária de Estado de Trabalho e Assistência Social, Rosamaria Carvalho, entrega cestas básicas, kits de limpeza e higiene e cobertores para a comunidade Mata Cavalo - Foto por: Jose Pettengill/Setasc-MT
Secretária de Estado de Trabalho e Assistência Social, Rosamaria Carvalho, entrega cestas básicas, kits de limpeza e higiene e cobertores para a comunidade Mata Cavalo
A | A

Mais de 400 famílias pertencentes a comunidade quilombola de Mata Cavalo, que fica no município de Nossa Senhora do Livramento, localizada a 50 quilômetros de Cuiabá, foram beneficiadas com cestas básicas e cobertores da Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc).

A iniciativa atendeu moradores de Mata Cavalo de Cima, Mata Cavalo de Baixo, Capim Verde, Entrada do Bananal, Aguaçu, João Cuiabá e Mutuca.

A Pasta é responsável pela campanha Vem Ser Mais Solidário - MT unido contra o coronavírus e o programa Aconchego. As ações do Governo do Estado para beneficiar pessoas vulneráveis, principalmente neste período de pandemia, são lideradas voluntariamente pela primeira-dama do Estado, Virginia Mendes.

As cestas básicas são compostas por arroz, feijão, macarrão, óleo, sal, açúcar, café, farinha de trigo, sardinha, extrato de tomate, além de materiais de limpeza e de higiene pessoal

“É muito satisfatório saber que a mão protetora do Governo do Estado está chegando realmente naqueles que mais precisam de ajuda. Que esses alimentos sejam de grande valia e que os cobertores sirvam para dar um pouco mais de conforto para as famílias atendidas”,pontuou Rosamaria Carvalho, secretária da Setasc. A entrega dos donativos, realizada na quarta-feira (09.09), também foi acompanhada pelas secretarias adjuntas de Cidadania, Rosineide Porcionato, e de Direitos Humanos, Salete Morockoski.

Laura Ferreira da Silva, representante da Associação da Comunidade Negra Rural Quilombo Ribeirão da Mutuca, destacou que a iniciativa representa que as política públicas estão de fato beneficiando quem precisa. “Estamos vivendo um momento crítico, que muitas pessoas estão sem renda. Esses alimentos vão amenizar o sofrimento dessas famílias”.

A presidente da Comunidade do Aguaçu, Berenice do Espirito Santo, acrescenta que muitas famílias estão passando por dificuldades por não conseguirem sair para trabalhar. “A ação é muito importante para essas pessoas que estão passando por problemas”.

Sebastião Soares da Costa, 85 anos, comemora a doação recebida. Ele conta que os alimentos vieram em um momento oportuno. “Minha esposa tem ficado muito doente e eu tenho feito o trabalho todo sozinho por isso, toda ajuda é bem vinda. Só tenho que agradecer a Deus por vocês nos ajudarem”.

A comunidade

O complexo Mata Cavalo é constituído de sete áreas de diferentes fazendas. A comunidade quilombola é descente de escravos em Mato Grosso e tem se esforçado na luta pela conservação de suas tradições e de suas terras. Os moradores plantam uma cultura diversificada, um pouco de cada coisa: a banana, a mandioca, o milho, o arroz, a batata-doce, a cana-de-açúcar, o feijão, a abóbora, o cará. Mas o forte mesmo é a banana. O artesanato é muito presente na comunidade, existem grupos mulheres que produzem bonecas de pano e de palha, que representam um pouco da comunidade. 

Vem Ser Mais Solidário

A Campanha "Vem Ser Mais Solidário – MT unido contra o coronavírus" já está na segunda etapa e tem como meta distribuir mais de 100 mil cestas básicas somente na segunda fase. Para isso, já foram adquiridas mais de 320 mil cestas básicas desde o início da campanha. Dessas, 250 mil kits de alimentos e de produtos de limpeza e de higiene foram comprados pelo Governo do Estado e 70 mil cestas recebidas de doação de colaboradores.

Em pouco mais de dois meses, a ação, que é liderada voluntariamente pela primeira-dama Virginia Mendes, arrecadou mais de R$ 5 milhões em doações, recursos que serão revertidos na compra de mais cestas básicas. A expectativa é que a ação beneficie mais de 1,6 de mato-grossenses que se enquadram em situação de vulnerabilidade, levando em conta que uma cesta, em média, é capaz de alimentar uma família com cinco pessoas.  

Se você quiser ajudar pode doar recursos diretamente na conta bancária especial, aberta exclusivamente para isso: Banco do Brasil, agência 3834-2, conta corrente número 1.042.810-0 (CNPJ 03.507.415/0009-00). Todas as doações serão revertidas para compra de cestas básicas.

Aconchego

O programa "Aconchego", que já está em sua segunda edição, vai distribuir 200 mil cobertores paras as pessoas mais vulneráveis. No ano passado, foram beneficiadas 100 mil pessoas em todo Estado. E este ano a meta foi dobrada, em razão do aumento de pessoas carentes e em situação de vulnerabilidade social. 

Além dos municípios, os cobertores também serão entregues para moradores de rua, comunidades indígenas, entidades filantrópicas e famílias que se enquadram em situação de extrema vulnerabilidade.

Para o cadastro de atendimento, as instituições, entidades e/ou grupos representativos devem enviar um ofício para o e-mail gabinete@setasc.mt.gov.br, com a lista das pessoas que serão beneficiadas, contendo nome completo, CPF, nome da mãe e Número de Identificação Social (NIS).