Pular para o conteúdo
Voltar

Projeto piloto do SER CRIANÇA será no município de Poconé em 2023

A meta do governo é ampliar o programa para outros municípios
Rose Velasco | SETASC-MT

João Reis
A | A

O governo do Estado cuida também da infância com investimento no Programa Ser Criança, que atenderá em 2023, crianças entre 04 e 12anos e em situação de vulnerabilidade. O projeto é uma parceria do governo do estado e municípios. A primeira unidade piloto foi construída no município de Poconé, onde 400 crianças serão atendidas. O custo somente da unidade física é R$ 2.088.141,46.

 

O Governo investirá por ano nesse programa, o total de R$ 7.094.683,18, considerando a execução do projeto, o aparelhamento da unidade, os uniformes para os alunos, o custo com as refeições em cada turno, além da capacitação dos profissionais que vão trabalhar na unidade modelo. Os alunos terão aulas de reforço escolar e ainda participarão das seguintes atividades: oficinas lúdicas, cognitivas, esportivas e culturais. A execução do programa é uma ação da SETASC que conta com o apoio do município de Poconé, que doou o terreno para a construção e contribuirá com parte do custo de manutenção, bem como será responsável pela execução do programa.

 

 

De acordo com a secretária Rosamaria Carvalho, no contraturno da escola, serão realizados serviços socioassistenciais, socioculturais, socioeducativos e psicológicos para crianças em situação de vulnerabilidade e alto risco social, auxiliando-os na superação de tais fatores.

 

 

“O projeto Ser Criança foi pensado com muito carinho. Nele os pequeninos terão acompanhamento de profissionais habilitados para o desenvolvimento das atividades, incluindo oficinas lúdicas, cognitivas, esportivas e culturais, distribuídas em programas específicos. Vamos ampliar o atendimento a outros municípios”, informou a primeira-dama de MT.