Pular para o conteúdo

Conteúdo com Editorias Geral .

Profissionais da saúde alertam que medo do diagnóstico de câncer precisa ser vencido

Elisete Mengatti

Em uma roda de conversa com profissionais das áreas de oncologia e psicologia, os servidores do Governo do Estado tiveram, nesta quinta-feira (17.10), oportunidade para fazer perguntas e obter maiores esclarecimentos sobre o câncer de mama.//

 O evento aconteceu no Salão Nobre Clóves Vettorato, no Palácio Paiaguas e foi realizado em alusão ao Outubro Rosa pelo Mato Grosso Saúde, em parceria com a Casa Civil e a Unidade de Ações Sociais e Atenção à Família (Unaf).//

As palestras e bate papo foram com a médica oncologista Carla Nakata e a psicóloga Camila Nunes Mendes.//

Além de falar sobre os riscos da doença, da importância do diagnóstico precoce, das novidades no tratamento e da prevenção, a DRª Carla Nakata falou ainda sobre o medo./ Isso mesmo, sobre o medo de obter o diagnóstico de câncer, o que, segundo ela, atinge um número considerável de mulheres.//

Sonora Carla Nakata

E a DRª Carla tem razão. Muitas mulheres têm medo em procurar um oncologista devido aos resultados que os exames podem apontar./ A servidora pública Thais Augusta de Paula, de 42 anos de idade, admitiu que o medo existe e que ele precisa ser vencido.//

Sonora – Thais Augusta

A psicóloga Camila Nunes Mendes lembrou que é importante que as pessoas saibam que o diagnóstico de câncer não é uma sentença de morte./ Que os medos precisam ser enfrentados e vencidos, e que muitos tratamentos curativos estão disponíveis.//

Sonora -  Camila Nunes Mendes

Durante a ação os participantes puderam realizar serviços de saúde com o Posto Itinerante do Plano de Saúde dos Servidores do Estado, com aferimento de pressão, teste glicêmico e realização de consultas oftalmológicas. Também houve apresentações artísticas.//

Recentes